Preste atenção aos avisos

            “Com muitas outras palavras isto testificava, e os exortava, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa” (Atos 2:40).
            Quando o sistema de alto-falantes da estação de trem avisa aos passageiros que se afastem da beirada da plataforma por causa da aproximação do trem, as pessoas obedecem, preservando sua segurança. No entanto, é lamentável observar que quando Deus adverte Suas criaturas a “fugir da ira futura” (Mateus 3:7), quase ninguém presta atenção.
            Quando as autoridades da área de Saúde descobrem que determinada fonte de água está poluída, ninguém a bebe. No entanto, quando o Deus de amor nos diz que “o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23), as pessoas ainda continuam no pecado.
            Por que tal comportamento? A única resposta plausível é: elas realmente não acreditam no que Deus diz.
            Quando existe uma placa de “Tinta fresca” em alguma coisa, sempre há alguém que toca a superfície recém-pintada para se certificar da verdade; afinal de contas, uma manchinha na ponta do dedo não faz mal nenhum.
            Uma segunda coisa impede as pessoas de seguirem a chamada divina: o pensamento de que o pecado de fato não pode ser tão mau quanto parece.
            Por fim, quando amostras grátis de novos produtos são oferecidas ao público, é normal a agitação dos consumidores para conseguirem algo sem pagar; são poucos os que não se interessam pela oferta.
            Isso deveria nos motivar a fazermos uma auto-análise: “O que tem me impedido de ter um relacionamento real com Deus?” O perdão e a vida eterna ainda estão disponíveis. Por que não aproveitá-los?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta Foi a Sua Vida?


Todos Contra a Pedofilia

Bandeira do Brasil

Tempo

Tempo