Dez fatos que você precisa saber sobre Asia Bibi

        Nos últimos anos, foram registradas 45 acusações por blasfêmia no Paquistão; dessas, 43 pessoas foram mortas em execuções extrajudiciais. Esta semana, o tribunal paquistanês confirmou a condenação de Asia Bibi à morte.

        Nos últimos dias, você com certeza ouviu falar de Asia Bibi, a cristã paquistanesa que se tornou a primeira mulher a ser condenada à morte sob as leis de blasfêmia do Paquistão. A seguir, confira algumas informações para que você entenda o caso e possa orar por ela:

        Asia foi condenada à pena de morte por enforcamento em 2010, após ela supostamente fazer comentários negativos sobre o Profeta Maomé, enquanto discutia com uma mulher muçulmana.
        Essa mulher muçulmana e sua irmã foram as duas únicas testemunhas do caso.
        Asia Bibi tem 50 anos e é mãe de 5 filhos.
        Ela já passou cinco anos na prisão, após ser presa em 2009.
        Salman Taseer, muçulmano liberal, ex-governador da província de Punjab, foi assassinado por seu guarda pessoal, porque agiu em defesa da causa de Asia Bibi. Shahbaz Bhatti, ministro federal e único cristão no gabinete paquistanês, foi morto por se opor à lei da blasfêmia que condenou Asia.
        Fontes jurídicas disseram à agência de notícias World Watch Monitor que os juízes envolvidos não estavam dispostos a tomar qualquer decisão favorável sobre o caso por medo de retaliação por parte de grupos extremistas.
        O advogado de Asia, Naeem Shakir, citou o Código Penal do Paquistão em sua defesa: "A argumentação levantada é que qualquer desrespeito ou uso de comentários depreciativos em relação ao Profeta Maomé são restritos à lei islâmica e a punição de morte colocada no Alcorão não deve ser alterada.” Segundo ele, se esse ponto fosse levado em consideração, o julgamento de Asia deveria ser declarado ilegal.
        Desde que foi presa, o marido e os filhos de Asia tiveram de se esconder diversas vezes, fugindo de retaliações de extremistas islâmicos.
        Em dezembro de 2010, um clérigo islâmico proeminente no Paquistão ofereceu meio milhão de rúpias paquistanesas (cerca de 12 mil reais) para quem conseguisse matar Asia Bibi.
        O advogado da cristã irá apresentar um último apelo à Suprema Corte do Paquistão em 30 dias.
        Junte-se a Portas Abertas em oração por Asia Bibi. Peça ao Senhor para que a sua vontade seja feita. Ore para que o seu testemunho traga muitas pessoas à fé em Jesus.

Leia também:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta Foi a Sua Vida?


Todos Contra a Pedofilia

Bandeira do Brasil

Tempo

Tempo