Muçulmano é escolhido para interpretar Jesus em nova série

O ator muçulmano Haaz Sleiman (“24 Horas”), foi escolhido para interpretar Jesus na próximo série produzido pelo canal pago National Geographic.

A produção ‘Killing Jesus” é baseada no livro de Bill O’Reilly e Martin Dugard, que mostra os acontecimentos políticos que levaram à morte de Jesus. Outros dois livros da dupla de autores católicos já foram adaptados para a TV pelo Nat Geo.
Nascido nos EUA, mas tendo crescido no Líbano, Sleiman afirmou ser “uma honra” assumir o papel. Disse ainda que: “No Islã, acreditamos que Jesus é um profeta. O respeitamos e seguimos seus ensinamentos. Ele está ao lado do Profeta Maomé, embora muita gente não saiba….  Minha vida foi fortemente influenciada por seus ensinamentos”, disse ao site Entertainment Weekly.
Quando um repórter lembrou a ele que alguns cristãos conservadores questionaram a escolha de um ator muçulmano, respondeu: “Eu não posso falar por Jesus, mas posso citar seus ensinamentos. Ele disse: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’ Como ele reagiria ao me ver interpretando sua vida? Ele não iria me julgar. Eu [um muçulmano] poder vivê-lo na tela destaca seus ensinamentos de uma forma muito agradável”.
Quando Sleiman foi questionado sobre sua reação inicial ao saber que conseguira o papel, afirmou que “Realmente senti amor no momento. Jesus me influenciou fortemente antes de eu imaginar que poderia interpretá-lo e não há nada mais poderoso do que isso”.
A minissérie, rodada no Marrocos, está em fase de pós-produção e será exibido nos próximos meses. Deve ser exibido no Brasil ainda este ano. O ator Kelsey Grammer (“Boss”) interpreta o rei Herodes e Stephen Moyer (“True Blood”) assume o papel de Pôncio Pilatos.
Grammer acredita que os cristãos gostarão da série. “Toda vez que você humaniza as histórias da Bíblia, isso gera elogios de todas as partes do mundo cristão”.

Com informações de Christian Today e Inside TV.


Fonte: Gospel Prime

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta Foi a Sua Vida?


Todos Contra a Pedofilia

Bandeira do Brasil

Tempo

Tempo