Irã: ore enquanto eles jogam

            As igrejas domésticas continuam crescendo, mas o governo iraniano atua monitorando cultos, prendendo convertidos, proibindo cultos em Farsi/Persa (idioma oficial do país) e fechando igrejas.

            Os ataques contra comunidades cristãs aumentaram e as restrições às igrejas domésticas estão ainda mais duras. Entretanto, a ação do regime iraniano só alimenta ainda mais o crescimento da Igreja.

A história de Wilson
            O Pr. Wilson Issavi foi preso logo após terminar um culto doméstico em Isfahan, acusado de “converter muçulmanos”. Ele é um pastor assírio de 65 anos. Wilson foi preso, torturado e ameaçado de morte. Por causa das condições de sua cela, ele contraiu uma grave infecção. Foi levado para um hospital, mas ainda está lutando contra essa infecção prolongada.
            No Irã, reuniões cristãs públicas são proibidas e os esforços do regime para conter as atividades cristãs se intensificaram.

Pedidos de oração
- Peça a Deus por proteção para aqueles que espalham a Palavra de Deus pelo país.
- Ouvimos que crianças, filhos de políticos e líderes espirituais do Irã, têm se convertido. Ore para que seus pais e outros muçulmanos conheçam a verdade do evangelho.
- Pelo menos quarenta cristãos estão na prisão por causa de sua fé. Peça ao Senhor que os sustente.



Informativo
            Publicar materiais cristãos na língua farsi é ilegal no Irã;
        No Irã, se um muçulmano abandona o Islã, ele corre o risco de pena de morte;
            No Irã, a polícia monitora os cultos cristãos e prende os novos convertidos;
         Alguns dizem que os filhos de líderes estão deixando o Islã, pelo cristianismo. Ore para que mais muçulmanos descubram a verdade do evangelho;
            Existem pelo menos, 40 cristãos detidos em prisões no Irã, por causa de sua fé. Ore para que o Senhor os sustente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta Foi a Sua Vida?


Todos Contra a Pedofilia

Bandeira do Brasil

Tempo

Tempo