Elas são necessárias para os momentos de luta!

Por: Pb. André Sanchez
Série Virtudes (Artigo 5)
“Alegrem-se na esperança, sejam pacientes na tribulação, perseverem na oração.” (Rm 12:12 NVI).
A vida do cristão não passa nem perto de ser um mar de rosas. Como qualquer outra pessoa o cristão sente dores, passa por lutas, por dificuldades, por desafios, por momentos ruins. A grande diferença é que muitos cristãos (não todos) buscam cultivar virtudes que serão usadas nestes momentos difíceis e que os ajudam a ser vitoriosos em qualquer situação por mais ruim que possa parecer.
O texto nos apresenta cinco virtudes que são totalmente entrelaçadas entre si, e que são muito importantes nos momentos de tribulação. Aliás, são virtudes que aparecem de forma plena somente nesses momentos. Nos momentos difíceis sabemos quem as tem e quem não as tem.
São elas: Alegria, esperança, paciência, perseverança, oração.
A alegria praticamente desaparece nos momentos difíceis, mas é possível cultivá-la quando temos esperança. Quando temos a esperançaque o Senhor é o nosso pastor e nada nos faltará, que ainda que andemos pelo vale da sombra da morte não temeremos mal nenhum (Sl 23. 1, 4).
A esperança derivada da confiança em Deus, que gera a alegria, gera também à paciência. Paciência porque podemos lançar perante o Senhor toda a nossa ansiedade, pois ele cuida de nós (1 Pe 5. 7). Assim descansamos e temos a paz de Cristo nos guardando e gerando um coração pacientee tranquilo. (Fp 4. 7)
A oração faz parte de todo o processo de luta, do antes e do depois, pois é através dela que nos comunicamos com Deus. Nos comunicamos com Ele porque temos esperança Nele e sabemos que Ele nos ouve. A esperança nos faz perseverar em direção ao ouvidos do Senhor: “Clamou este aflito, e o SENHOR o ouviu e o livrou de todas as suas tribulações.” (Sl 34. 6). Passamos, então, pelas lutas com alegria e com paciência, sem desistir.
Os cristãos passam pelas lutas, mas tem da parte de Deus virtudes (que devem se esforçar para cultivar) que fazem com que eles tenham a experiência de poder dizer de verdade: “Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.” (Rm 8. 36).
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta Foi a Sua Vida?


Todos Contra a Pedofilia

Bandeira do Brasil

Tempo

Tempo