Jesus demorou demais!

A situação era grave. Maria e Marta sabiam que somente Jesus poderia fazer algo por Lázaro e salvá-lo de sua doença. Assim, “Mandaram, pois, as irmãs de Lázaro dizer a Jesus: Senhor, está enfermo aquele a quem amas.” (Jo 11. 3).
Surpreendentemente, Jesus quando “soube que Lázaro estava doente, ainda se demorou dois dias no lugar onde estava.” (Jo 11. 6).
Jesus ficou inerte, não fez nada, e, “chegando, encontrou Lázaro já sepultado, havia quatro dias.” (Jo 11. 17).
A primeira reação de Marta, irmã de Lázaro, ao encontrar Jesus, foi a de dizer a ele “Senhor, se estiveras aqui, não teria morrido meu irmão.” (Jo 11. 21) Ou seja:  Jesus, o Senhor demorou demais, chegou muito tarde!
Às vezes não conseguimos enxergar e confiar no Deus que cremos. Achamos que Deus está demorando em resolver situações, achamos que Deus está cego, ou surdo, ou achamos que Deus perdeu o controle da situação. Duvidamos Dele e de Seu poder!
Jesus não demorou! Ele foi até Lázaro no momento certo e provou que o tempo de Deus é o tempo correto e não o nosso. Ainda que a situação [parecesse] demonstrar que Jesus demorou, pois Lázaro já estava sepultado e em estado de decomposição, vemos que Jesus chegou na hora determinada por Deus para cumprir Seus propósitos:
“E, tendo dito isto, clamou em alta voz: Lázaro, vem para fora! Saiu aquele que estivera morto, tendo os pés e as mãos ligados com ataduras e o rosto envolto num lenço. Então, lhes ordenou Jesus: Desatai-o e deixai-o ir.” (Jo 11. 43-44).
Deus nunca demora, Deus nunca está atrasado ou perdido. O tempo de Deus agir nem sempre é o tempo que avaliamos ser o correto. O que podemos ter certeza é que Ele age no melhor dos momentos para nos abençoar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta Foi a Sua Vida?


Todos Contra a Pedofilia

Bandeira do Brasil

Tempo

Tempo